Ashley

Atriz de “Pretty Little Liars” teve problemas com o cabelo durante a série

“Pretty Little Liers” foi um mega sucesso. Romance, suspense, drama…

A série, transmitida entre 2010 e 2017 em 7 temporadas, criou uma legião de fãs.

Mas nem todas as lembranças são boas.

Uma das protagonistas, Ashley Benson, revelou em uma entrevista para a revista Elle que quase ficou careca durante a 3ª temporada!

Reprodução / Facebook
Reprodução / Facebook

“Descolorir meu cabelo foi meu maior arrependimento”, contou a atriz que
interpretou Hanna Marin, personagem marcada pelos fios loiros.

Pois é, a mudança dos fios longos para os curtos não foi exatamente intencional, o que chamou a atenção dos fãs, já que o estilo da personagem ficou diferente. A química,utilizada para descolorir os cabelos, provocou a queda dos cabelos da atriz.

Fica o alerta para quem muda o visual usando procedimentos muito fortes…

Franjinha

Com medo de mudar? Experimente a franjinha

Está com vontade de mudar o visual dos cabelos, mas está com medo de se decepcionar?

Aqui vai uma dose (dica) de coragem.

A franja reta é uma forma de variar, mas sem radicalizar. Se a intenção é manter o comprimento dos fios, fique tranquila, porque o objetivo delas é basicamente emoldurar o rosto.

Só que mesmo sem radicalismos nem sempre tudo pode funciona por um motivo bem simples.

Não existe corte certo. Apostar no que você se sente bem é o ideial.
Para decidir comece analisando os lados negativos das franjinhas. Um deles é que elas ficam oleosas mais rápido do que o restante do cabelo por causa do constante contato com a testa. Outro detalhe é que exigem uma frequência de corte maior para não cobrir os olhos e muita paciência caso
queira que ela cresça novamente.

Os shampoos secos, presilhas, tiaras e muita criatividade irão te salvar naqueles dias de bad hair.
Enquanto decide, confira os resultados de quem apostou nesse corte:

● Tradicional, na altura das sobrancelhas

Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Alternativas, elas vão até o meio da testa
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Nos curtinhos
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Muito cacho envolvido
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

E então, vale um teste?

Correr

Correr faz muito bem, entenda como!

Querer correr e ter disposição para correr são duas coisas bem diferentes.

Isso é certo!

Mas se você já tinha isso em mente e está querendo pôr em prática, ou precisa de motivos para pensar em fazer atividades físicas, aqui vão algumas razões bem interessantes:

Ao realizar exercícios com periodicidade você consegue:

Reduzir o estresse e os sintomas da depressão
A corrida produz neurotransmissores e hormônios que ajudam o corpo a lidar com o estresse e a obter a sensação de bem-estar, relaxamento e
tranquilidade;

● Ficar mais feliz
Um dos hormônios produzidos é a endorfina, responsável por trazer
felicidade;

● Socializar
Eventos, caminhadas e grupos de corrida são cada vez mais comuns.
Situações perfeitas para fazer novas amizades e relacionamentos. Afinal, são pessoas com objetivos semelhantes. Essa é uma motivação extra para não desistir de sair quando a preguicinha bater.

Mas lembre-se: antes de sair por aí forçando nos exercícios, busque a orientação de um profissional e faça avaliações para conhecer os limites do seu corpo.

Cuide das unhas

Você deveria parar de roer as unhas

Onicofagia, ou melhor, roer as unhas é um alívio para pessoas ansiosas ou sob estresse, por exemplo. Diversos motivos podem impulsionar isso, mas ainda assim não serão razões suficientes para realizá-lo.

Além do resultado estético nos dedos, roer as unhas não faz bem para a sua saúde. Algumas consequências são:

  • Unhas enfraquecidas: Roer implica em quebrar vários pedacinhos e deixar “lascas” no que sobrou, favorecendo que os fragmentos continuem aparecendo e aumentando simplesmente por bater em algum lugar. Outro problema é a possibilidade de micoses, pois o contato com a saliva propicia a presença de fungos.
  • Bactérias para dentro do corpo: As feridas nos dedos ao retirar o que deveria estar ali abrem espaço para que as bactérias ataquem a pele, gerando infecções. Em casos de pessoas com problemas no sangue ou de imunidade, elas podem entrar na corrente sanguínea e complicar a situação.
    Por outro lado, a presença das mãos na boca facilita gripes, diarréia e até hepatite A, já que elas estão em contato constante com o ambiente externo.

Parar com hábitos que estamos acostumados não é fácil. O primeiro passo é querer realmente parar. Depois disso, você pode utilizar alguns truques que evitem essa vontade de roer, como:

  1. Passar esmaltes, principalmente os que não tem um gosto agradável;
  2. Usar unhas postiças;
  3. Mascar chiclete;
  4. Encontrar outro objeto, como bolinhas, para manter as mãos ocupadas quando o nervosismo chegar.

Mais do que algo para ser bonito, cuidar das unhas é cuidar de você!

Alimentos

Como a sua alimentação interfere nos cabelos?

Você provavelmente já ouviu a frase:

– Você é o que você come.

Bom, nos cabelos essa regra é bem clara. Cuidar dos fios com produtinhos apenas por fora pode não ser o suficiente. O que está dentro de você é muito importante!

A chave está no equilíbrio, pois cada categoria de alimentos fornece uma variedade de nutrientes com funções bem específicas para o seu cabelo.

  1. Minerais, como o ferro, leva oxigênio para as células e contribui para o crescimento dos fios.
    São encontrados no feijão, vegetais verdes, nozes e cereais.
  2. Proteínas fortalecem os fios.
    Estão presentes nas carnes, ovos e queijos.
  3. Vitaminas, como a “A”, hidrata e reduz as pontas duplas. A “C” previne o ressecamento e a “E” ajuda na circulação, levando ainda mais nutrientes.
    Alimentos ricos em vitaminas são: cenoura, beterraba, tomate, mamão, limão, laranja, morango, abacate, soja e nozes.

Essa iniciativa saudável pode fazer toda a diferença na sua rotina. Caso queira resultados mais específicos, procure um nutricionista.

Saia longa

Crie muitas combinações com a saia longa!

As saias longas entraram no grupo das queridinhas do guarda-roupa.

Novidade para algumas pessoas, o tempo de associá-las a ambientes mais sérios acabou. Fendas, variedade de tecidos e estampas são elementos de peso para criar looks lindos, leves e soltos!

Confira algumas ideias para aderir às compridinhas no dia a dia:

  • Estampa floral
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Diversas cores podem formar flores pequenas e grandes. Comum no estilo romântico, a opção florida pode ser o destaque do seu look caso prefira deixar as outras peças neutras, usando blusas de cor única e colares discretos, por exemplo.

  • Sem estampa
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Se você não é fã de estampa, pode apostar em opções lisas.

  • O tradicional preto
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Independente do modelo, a cor preta combina tanto com looks sérios quanto divertidos. É possível utilizar a versão reta ou rodada da saia longa com regatas e moletons.

  • As plissadas
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Leveza e movimento. As saias do tipo plissadas são as que têm pregas muito próximas , criando dobrinhas no tecido. Disponíveis em diferentes cores e costumam cair muito bem com uma regatinha.

  • Com texturas
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Mesmo as de cor única não precisam ser totalmente uniforme. As sobreposições com rendas e texturas geram padrões bem moderninhos.

  • Brilho e mais brilho
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Se é modernidade que você quer, então pode fazer a festa com muito brilho. Esse modelo é cada vez mais popular. Além disso, prova que manga longa, saia e tênis tem tudo para dar super certo.

  • + Cropped
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Para todos os gostos e estilos, as blusas cropped tem lugar certo com as saias longas.

  • Fenda lateral
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Se você não resiste às saias mais curtas, que tal uma fenda? Elas podem “nascer” de diferentes pontos do comprimento.

  • Fenda frontal
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

As fendas frontais podem trazer ainda mais movimento e destaque para as pregas.

  • Na falta de uma, duas!
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

As fendas duplas mudam bastante o estilo de saia longa.

  • Um acessório incrível
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Os cintos podem tanto ajustar a silhueta quanto destacar o look. Tudo depende da sua intenção.

O comprimento pode até ser um só. Mas não faltam modelos, estampas e complementos para fazer da saia longa uma peça que combine com algo muito importante: o seu gosto!

 

Tipos de batom

Descubra qual batom faz sua cara, ou melhor, boca!

Quem faz pelo menos o básico da make utiliza batom. Item indispensável, não é mesmo?

Agora… quem não fica confusa na hora de escolher qual usar? São tantos tipos… dá vontade de experimentar todas as novidades… mas não é bem assim!

Se você precisa dar aquela organizada na necessaire, olha só esse resuminho:

  • Matte: suas principais características são os aspectos seco, sem brilho e com longa duração.
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Cremoso: cor, leve brilho e hidratação é a fórmula desse batom. Mas vale lembrar que sua duração geralmente é de média para curta. Por isso, exige retoques ao longo do dia.
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Acetinado: está entre o Matte e o Cremoso. É mais hidratante do que o primeiro e mais seco do que o segundo. O acetinado ajuda a dar um efeito natural, pois é levemente transparente.
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Brilho labial: incolor ou ligeiramente colorido. Com ou sem gliter. Apesar das várias versões no mercado, o gloss, como também é conhecido, tem como função essencial dar brilho aos lábios.
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Vinil / Envernizado: quer impactar? Esse é perfeito. Tem alta cobertura com muita cor e muuuuito brilho. O que faz lembrar justamente a textura do vinil, cada vez menos presente nos discos antigos e mais nos looks.
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Cintilante: também chamado de metalizado, soma cobertura, duração média e brilho. Mas não é tão transparente quanto o acetinado, por exemplo.
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Leia sempre o rótulo da embalagem. Assim você evita comprar um batom querendo um efeito que ele não pode dar.

Sabendo disso, aproveite para arrasar nas produções!

Genderless

Repense os limites da moda com o “genderless”

“Genderless” ou “sem gênero” é um tema cada vez mais comentado no mundo da moda. A ideia é que aquela divisão comum entre roupas de homem e mulher desapareça, ou seja, que todas as peças sejam unissex.

E isso não envolve apenas as tradicionalmente masculinas como calças e moletons, já comuns de serem usadas sem distinções. A diferença está em peças vistas exclusivamente como femininas, como vestidos e saias por exemplo, estarem no guarda-roupa de todos e todas que queiram.

Tudo começou em 2013 com um desfile realizado em Londres. O estilista Jonathan Anderson colocou na passarela modelos masculinos com vestidos e tops na Semana de Moda da cidade. Desde então, lojas, estilistas e personalidades questionam se a fronteira do gênero é realmente um limite para a criação e utilização de roupas.

Reprodução / Instagram Jaden Smith
Reprodução / Instagram Jaden Smith
Reprodução / Instagram Jaden Smith
Reprodução / Instagram Jaden Smith

A moda sem gênero não interfere apenas nos padrões de estilo. Ela também impacta as relações sociais, uma vez que o respeito quanto a diversidade, a igualdade e a liberdade de expressão são essenciais para que ela aconteça.

A intenção é que a pessoa possa vestir o que a faz se sentir bem.

Será que assim como as mulheres conquistaram o poder de escolha para utilizar calças no século passado, estamos vivendo o início de mais uma nova tendência?

Apps fitness

Quer praticar exercícios? Estes apps podem te ajudar

Quer deixar de ser sedentário, mas não tem disposição para ir à academia ou, simplesmente, começar um exercício por conta própria.

Se você está com vontade de praticar atividades físicas, mas precisa de um
empurrãozinho, conheça dois aplicativos que podem te ajudar.

Eles contam com vídeos, níveis para iniciantes, intermediários e para quem é quase um atleta. Trazem também sequências de exercícios personalizáveis e até o tempo que cada fase deve durar:

● Nike Training Club: mais de 180 tipos de treinos que variam de 15 a 45 minutos. Neste app você encontra focos na força, resistência, mobilidade e
até yoga!
● Treino em Casa – Sem Equipamentos: um dos mais famosos do segmento, registra o processo do treino e cria gráficos sobre o seu preparo físico.

Ambos são gratuitos e podem ser baixados na PlayStore para Android ou ITunes para iOS.

Mindful Eating

Você conhece o Mindful Eating?

O Mindful Eating, ou “Alimentação Consciente”, é uma técnica que ajuda a pessoa a não comer mais do que o seu corpo realmente precisa.

Tem gente que associa a vontade de comer, mesmo sem fome, a sentimentos como ansiedade, tristeza e estresse. A consequência todos nós sabemos: comida em excesso, gramas, ou quilinhos, a mais.

Mas não pense que o Mindful Eating é uma dieta. A técnica não recomenda este ou aquele alimento em um determinado espaço de horas. Ela apenas faz com que o ato de comer seja uma iniciativa consciente e não compulsória.

A ideia é voltar toda a atenção para a alimentação na hora da refeição. Esqueça celular, TV, computadores e tudo mais que desvie o foco do prato.

Além disso, é importante mastigar bem os alimentos, já que o processo de digestão começa na boca. Nada de comer em cinco minutos. Mastigue várias vezes e lentamente. Isso contribui para aumentar a sensação de saciedade e melhora a absorção dos nutrientes pelo corpo.

Quando pensar em comprar qualquer coisa para aquele “lanchinho rápido” ou se pegar comendo algo sem ter fome, avalie se esses hábitos estão mesmo te fazendo bem.

Atenção: para aplicar eficientemente o Mindful Eating, procure um nutricionista capaz de te ajudar a desenvolver a técnica.

Pele

Cuidado com os truques caseiros para cuidar do rosto

Tudo bem! Tem tutoriais ótimos com dicas baratinhas para cuidar da pele do rosto. Truques para secar espinhas, remover cravos, clarear manchas… e por aí vai.
Mas vai com calma porque nem tudo funciona. Pelo contrário. Algumas substâncias são perigosas e devem ser evitadas.

Veja três elementos que devem ficar longe da pele do seu rosto:

● Pasta de dente
O nome já é bastante específico. Feita para ser passada nos dentes, a pasta não deve ser aplicada em uma pele tão sensível como a do rosto. Apesar dos diversos vídeos afirmando como elas secaram as espinhas rapidamente, o resultado pode ser muito pior do que estava antes. Sua substância pode irritar a pele e marcá-la por mais tempo do que a própria acne.

● Vinagre

Conselhos para o utilizá-lo como removedor de maquiagem e limpeza de pele não faltam. O problema é a sua acidez. Aplicar o vinagre puro no rosto pode trazer queimaduras, irritação e oleosidade.

● Limão
Alguns recomendam a fruta para clarear a pele. Um perigo! Acontece que já ao espremer o limão e entrar em contato com o caldo ou a casca, uma substância é liberada na pele. Combinada com a radiação do sol, o resultado
vai de irritação a bolhas e manchas. Agora, imagine esse elemento em uma
receitinha para passar no rosto… Nem pensar.

Fique atenta e prefira produtos testados e aprovados e com reconhecimento no mercado.

Flatform

Ele está em muitas vitrines. Mas…. como usar?

Você fica dividida entre querer ser mais alta e não gostar de usar salto alto?

Pois fique sabendo que esse impasse pode ser resolvido.

Os tênis plataforma combinam os centímetros extras com o conforto de um tênis comum. O principal destaque desse modelo, também chamado de “flatform”, é o fato de ser mais plano, sem as desconfortáveis variações bruscas de altura das pontas ao calcanhar.
Confira algumas ideias para combinar essa tendência:

● Seja qual for o estilo. Romântico ou descolado…

Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Para os momentos mais formais…
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • E também para usar com calças!
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Volume

Cansada dos fios sem volume?

Nem sempre curtimos o cabelo exatamente como ele é.

Felizmente, têm alguns truques favoráveis para valorizar as madeixas sem perder a naturalidade.

Caso você tenha a combinação pouco cabelo + fios finos, pode experimentar essas dicas para conseguir mais volume!

  • Adeus ao corte reto e superlongo

Não precisa partir para o chanel de uma hora para outra. Mas saiba que quando o cabelo é muito comprido e retinho, a impressão é de pouco volume. Uma opção é apostar no corte na altura dos ombros.

  • Varie nas pontas

Cortes em camadas, repicados ou desconectados dão um ar moderninho e deixam o cabelo mais cheio.

Cuidado: se você faz muita chapinha ou aplica química nos fios, repicar pode não ser a melhor opção, pois as pontas ficam mais frágeis e ralas, perdendo o movimento.

  • Modele

A finalização é tão importante quanto o corte certo. Para garantir que o seu corte esteja definido, ou no caso das cacheadas, com a textura exata, utilize produtos como leave-in ou mousse nos fios, mas sem exagero.

Use branco

Entenda porque você deveria ter essa peça no guarda-roupa

Algumas peças são tão comuns ao nosso dia a dia que não nos damos conta do quanto elas podem fazer a diferença !

Pense nessa dica. Camisas, camisetas e blusinhas brancas.

Parece básico demais, certo?

E é! Aí que é o melhor.

Além de fáceis de serem encontradas, ficam lindas de diferentes formas.

Que tal conferir algumas ideias de como utilizar esse estilo que pode ser básico, mas com muita personalidade.

Vamos lá?

  • Com saia
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Saia rodada ou jeans. Salto ou tênis. Não importa. Com o “branquinho básico” você vai do look romântico ao despojado. Viagem total!!!!

É você quem decide. As opções com renda trazem um toque delicado. Já a camisa de forma mais despojada mostra que ela não frequenta apenas os ambientes mais formais.

  • “Basiquinho” branco com…
    Short?
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Uma simples “pecinha” faz toda a diferença. Você sabe disso!
As duas opções são lindas e mostram como é possível dar outra cara ao look apenas acrescentando um casaquinho ou blazer!

  • Calças e mais calças
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Modelos não faltam! Cinturas altas, estilo flare, boyfriend… e por aí vai. E se tem uma coisa que ninguém pode negar é que o branco combina com tudo.
Ou não?

  • Sobreposições
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Se você adora uma tendência moderna, se joga nas sobreposições. O que você acha de um suéter sobre uma camisa ou por baixo de um vestido?

Liberdade e criatividade!

É top! É você impondo uma impressão única do seu estilo.

  • Dica final
Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest

Acredite! Temos a mesma peça nessas três fotos.

Legal, né?

A mesma peça branca mostra a sua personalidade em estilos completamente diferentes.

Quer saber?

Economia nunca rimou tanto com moda. Que tal simplificar a vida misturando as roupas que você já tem?

É só usar a sua criatividade 😉

Fashion Revolution

Aplicativo ajuda comprar de forma consciente

O “Moda Livre” é um aplicativo que pode te ajudar a escolher o look de forma consciente.

Em tempos de Fashion Revolution e consumo consciente, o app reúne informações sobre mais de 70 marcas. Mais importante: expõe suas atitudes, sejam elas positivas ou negativas.

Disponível para Android e iOS, você fica por dentro das notícias sobre moda, denúncias das grifes que praticam trabalho escravo, pode consultar e analisar o histórico e as políticas das empresas.

O modo de avaliação é bem visual. Logo ao entrar no aplicativo você vê todas as marcas avaliadas com as classificações por cores. Verde, para a melhor avaliação, amarelo, para uma nota intermediária, e vermelha, para algo nada bom.

Mas vamos ficar atentos: a classificação é dada pelo aplicativo. Ele pode ser uma boa referência, mas isso não significa que você deve parar de confiar nessas marcas. Vamos encarar como mais um recurso que você tem para buscar mais informações para tirar as suas próprias conclusões.

Máscara de cílios

Rímel não é tudo igual. Por isso, aprenda a escolher o que você precisa

A máscara de cílios faz parte do “clube dos produtinhos” básicos de maquiagem que não podem faltar.

Ela é indispensável pela versatilidade e utilidade nas mais diversas ocasiões. Das mais simples do dia a dia até as superproduções.

Justamente por esse sucesso, há vários tipos de rímel no mercado. O problema é que essa variedade dificulta escolher o certo para conseguir o seu efeito preferido.

Veja algumas dicas para acertar na máscara de cílios, dependendo do resultado que você deseja!

  • Para curvar os cílios

Se você tem os cílios retos ou caídos e gosta deles mais curvados, escolha os pinceis curvados. Eles realizam a função do curvex enquanto aplicam o produto. Outra dica é utilizar produtos que secam rápido, para que eles não voltem ao formato natural antes do rímel secar.

Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Para conseguir volume

Aposte nos pinceis com cerdas curtas, próximas e grossas. Eles ajudam a concentrar o produto nos cílios.

Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Para alongar

Quando o pincel é fino, comprido e com cerdas duras, o efeito é de alongamento e definição.

Reprodução / Pinterest
Reprodução / Pinterest
  • Para fixar e aumentar a duração

As opções a prova d’água são mais resistentes caso você precise ficar por muito tempo maquiada.

Vale lembrar que algumas marcas já escrevem no rótulo o efeito do produto. Confira e arrase no visual.

Onduladas

3 dicas preciosas para as onduladas

Se você curte um cabelo no estilo natural e tem fios ondulados, sabe o desafio que é encontrar o produto, tutorial, dica ou o seja lá o que for para não deixá-los pesados demais, secos demais e tudo mais…

É o famoso meio termo: aquele cabelo que não é totalmente liso, apesar de poder ter partes assim, mas também não tem os cachos fechadinhos.

Pensando em como você pode lacrar separamos uma listinha com 3 dicas para deixar o seu cabelo do jeitinho que você gosta, te deixando mais linda do que já é!

  • Não esqueça do condicionador

Por causa da chance dos fios ficarem ressecados rapidamente, é essencial hidratá-los. Passe o condicionador nas pontas em quantidade proporcional ao seu volume de cabelo. Só tome um cuidado! Se você exagerar na quantidade, seus cabelos podem ficar oleosos e pesados.

  • Desembaraçar nem sempre ajuda

Tenha o hábito de pentear os cabelos após a lavagem, enquanto eles ainda estiverem úmidos. Pentear os fios secos desfaz as ondas, aumentando o volume de forma totalmente indefinida.

  • Fuja de produtos com álcool

Produtos como mousse e gel costumam ter muito álcool. O problema é que esse produto tira a umidade dos cabelos, deixando-os ainda mais ressecados e até rígidos. Cuide da hidratação com cremes, leave-ins e óleos capilares para mantê-los com movimento e modelados.

Bora aderir, ondulada?